Formações Táticas


Não existe um esquema tático, formação ou time invencível. Todos eles tem pontos fortes e fracos. Às vezes enfrentamos esquemas táticos que se sobressaem ante o nosso, não deixando espaços para construir nenhum tipo de jogada. É a hora que dá vontade de fazer o controle voar pela janela.

Algumas vezes é realmente difícil se livrar desse nó tático, seja pela habilidade do adversário, seja pela qualidade do time adversário, ou por qualquer outro motivo. No entanto, algumas vezes uma simples troca de formação pode transformar completamente um jogo.
Diante dessa breve introdução fornecerei algumas dicas.

1. Defina qual é o seu estilo de jogo
Qual é o seu estilo de jogo? Responda isso para você mesmo antes de montar o seu time. Estilo de jogo tem a ver com a personalidade do jogador, e não com o estilo de jogo que você admira. Você joga bem ofensivamente ou defensivamente? Com posse de bola ou no contra-ataque? Pelo centro ou pelas alas? Passes curtos ou lançamentos? Seu ritmo é cadenciado ou você gosta de explorar a velocidade? E por aí vai.
Não confunda essas características pessoais de jogo com “futebol bonito ou feio”. Times defensivos podem jogar muito mais bonito do que times de toque e posse de bola, que às vezes dão sono. Uma coisa não está ligada com a outra. Futebol envolvente está relacionado com a habilidade de cada um e o momento de jogo, e não com esquema tático ou característica de cada equipe.
.
2. Atacante é atacante e zagueiro é zagueiro
Cada jogador deve ficar em sua devida posição. Uma das vantagens do Fifa é que se você tirar um jogador da sua posição de ofício e colocá-lo em outra ele não renderá absolutamente nada. Muitos aqui devem se lembrar do Winning Eleven 3, do PS1, onde Roberto Carlos era escalado como atacante por causa da velocidade e do seu chute sobrenatural. Pois é, era engraçado, mas esse tipo de formação não funciona aqui.
A maioria dos jogadores atua em diversas posições e isso facilita o trabalho na hora de escalar o time, porém existem algumas exceções, como por exemplo o atacante Benzema, que atua unicamente como ST (Striker).

Posted Image

Diferentemente de Fifa 09, 10 e 11, no Fifa 12 (não se sabe o porquê, acredito que seja uma falha da EA) quando você escala um jogador em uma posição diferente da posição que ele sabe jogar, seu Overall não diminui. Exemplo, Benzema tem Overall 84 como ST e caso você o escale como goleiro ele também terá 84. Acredito que isso possa ser corrigido em uma possível atualização, pois era algo que vinha dando certo nas edições anteriores.}
Sabendo da posição do jogador não coloque-o em outras posições, como RW, LW, RF, etc., pois pode ter certeza que ele não terá o mesmo rendimento em campo. Isso pode comprometer o ataque inteiro do seu time durante uma partida. Se o jogador é ST, deve ser escalado como ST.
Pense comigo: posição Striker significa que seu jogador finaliza bastante. Logo, ele deve jogar próximo à área, pois a sua característica é posicionar-se da melhor forma para receber a bola e efetuar o arremate sempre que possível. Então, não tem como colocar um ST jogando como RW. Pois dessa forma ele vai atuar na extrema direita do campo e lá ele não terá condições de finalizar por diversos fatores, como ângulo, distância, etc., e se você fizer isso estará privando seu bom ST da sua melhor característica.
Obs.: É possível fazer com que o ST desempenhe o papel de RW, RF, CF em certos momentos do jogo, mesmo estando escalado como ST (veremos mais a frente). Não se preocupe com isso agora. Procure colocar cada jogador dentro da sua posição. No caso de jogadores que atuam nas duas posições, ST e RW, tá tudo certo. Pode colocá-lo em qualquer uma delas. Mas não se esqueça de que todo jogador tem sua posição de ofício.
A regra vale para todas as posições.

3. Estudo detalhado do time
Estudar o elenco e analisar qual é a melhor formação dentro das condições e habilidades de cada jogador faz toda a diferença. Exemplo, se um jogador é volante, mas também sabe atuar como zagueiro e tem o carimbo de “Finalizador de fora da área” (Long shot), vale a pena colocá-lo como volante, que avança mais vezes à intermediária adversária e tem maior possibilidades de chute durante o jogo; pois um zagueiro raramente ultrapassa a linha do meio campo, e isso desperdiçaria totalmente esse interessante aprimoramento. Velocistas e cruzadores nas alas, acrobatas e jogadores com bom porte físico pelo centro, finalizadores e cabeceadores próximos ao gol.
Procure variar as características. Não deixe dois jogadores com mesma característica perto um do outro. Procure colocar um jogador ágil ao lado de um jogador forte. Escale de forma balanceada, pois isso permite a você alternar o estilo de jogo durante as partidas.
.
4. Escolha da formação
Nem sempre a formação Default é a mais aconselhada. Tenha sempre em mente que o melhor caminho para a vitória é não sofrer gol, e todo time bem montado começa por um eficiente sistema defensivo. Seu time deve buscar o equilíbrio. Pense no conjunto e no seu estilo de jogo. Se seu time é fraco no corpo a corpo (Strength, Interceptions, Marking), experimente colocar mais marcadores no meio campo para tirar espaço do adversário e, com isso, roubar as bolas mais facilmente.
Em “Team Management” você possui todos os recursos necessários para adaptar qualquer time ao seu estilo pessoal de jogo.
Estude a equipe e veja quais são os melhores jogadores (aqueles que tem maior Overall) e quais são suas características principais. Se a equipe possui muitos bons zagueiros a disposição e poucos volantes marcadores, você pode optar por jogar na formação 5-3-2 ou 3-5-2 e privilegiar zagueiros, pois isso faria com que seu time não dependesse tanto do(s) volante(s). Agora se você tem um forte meio campo, com 2 ou três jogadores que jogam na função de volantes e dão conta do recado, experimente formar uma linha defensiva de 4 jogadores com 2 zagueiros nas variações de 4-4-2 e 4-3-3.
Obs.: antes de continuar eu gostaria de deixar claro que formações bizarras não pegam muito bem em Fifa 12, como (4-2-4), (4-1-5), etc. Além de serem extremamente vulneráveis, deixam enormes buracos no meio campo e nas alas. Isso é terrível e só deve ser usado em caso de vida ou morte, final do jogo, etc.
Uma boa ideia é formar um “triângulo” ou “losango” entre zagueiros e volante. Pois, neste caso, o volante dá proteção à defesa e funciona como um limpador de parabrisa na frente da área.

Exemplo:

Posted Image

Evite colocar vários jogadores na mesma linha, exceto para a linha de zagueiros. Tente colocá-los em diagonais, principalmente os armadores e atacantes. Como já disse, a maioria dos jogadores são versáteis e jogam em diversas posições. Use isso ao seu favor.

Posted Image

As formações: (4-1-2-1-2), (4-2-3-1), (4-1-4-1) e (4-2-2-2) são, teoricamente, as mais balanceadas para se jogar.
.
5. Postura
Procure deixar zagueiros somente para as sobras. Não utilize-os para dar o combate, pois isso acaba deixando enormes corredores no seu campo de defesa sem ninguém para cobri-los. Jogue mais com os volantes. Tenha em mente que os volantes, alas e laterais devem correr atrás dos atacantes adversários. Zagueiro não! Zagueiro fica lá na linha defensiva cuidando de cobrir os volantes, bolas aéreas e sobras.
Outro ponto: atacantes, sejam eles 1, 2 ou 3 devem ser preservados. Logo, poupe-os ao invés de fazê-los ficarem correndo atrás da bola no campo adversário. Procure preencher os espaços do meio campo ou, no máximo, até a intermediária do campo adversário.
.
Outras dicas:
Teste sua formação contra a CPU antes de tentar o modo online. Não precisa ser nos modos Legendary ou World Class. No modo profissional você já será capaz de identificar as deficiências do seu time. E não é porque seu esquema não deu certo nos dois primeiros jogos que você tem que apagá-lo e começar do zero. Leva-se um pouco de tempo até você entender o que está acontecendo no jogo. Não mude totalmente o seu time. Mexa aos poucos. Faça mudanças por setores (Defesa/Meio/Ataque), pois caso você faça uma mudança errada, basta corrigir o último setor modificado. Uma boa dica (e que exige MUITA paciência) é colocar o jogo CPU vs. CPU e observar a formação do seu time. Um único jogo de 6min será suficiente para você perceber pelo menos alguns dos pontos fortes e fracos do seu esquema.
.
Algumas considerações: Sei que muitos que estão lendo devem estar pensando: “eu vou ter que fazer tudo isso antes de cada jogo?”. Como eu disse no post anterior, nada disso que eu disse deve ser interpretado como regra. Serve para alguns. Serve para mim. Outros preferem jogar com a formação e escalação que vem no jogo. Eu prefiro impor o meu estilo e criar minha própria estratégia, pois isso torna tudo mais divertido. Se dois jogadores escolhessem um time que não estivessem acostumados a jogar (deixando de lado a habilidade de cada um), onde um deles jogasse com o esquema Default e o outro aplicasse suas próprias configurações, garanto que o jogador que aplicou suas próprias configurações teria mais chances de vencer, pois ele entenderia o esquema e saberia como o time iria se comportar.
O meu conselho é de que monte o seu esquema principal utilizando o seu time preferido, e quando for escolher uma equipe diferente você decidirá aplicar ou não suas formações personalizadas. Aliás, aconselho você a montar pelo menos 3 formações diferentes. A principal, a qual você utilizará na maior parte do tempo; outra pra quando precisar da vitória e outra pra quando quiser segurar o resultado. É sempre bom ter cartas na manga. Variações de formações. Digo isso porque todas as formações pré-definidas do Fifa vem “cruas”, sem detalhamento. Atacam e marcam da mesma forma e não apresentam nenhuma personalidade.
.

Setas
Setas com cores vermelha*, amarela*, e azul* (Player Work Rate)

Posted Image
Alguns de vocês podem não saber sequer que essas setas existem e para o que servem, embora sejam muito importantes, ao meu ver. Essas setas representam o ritmo de trabalho individual dos jogadores. Em outras palavras, significa a frequência com que os jogadores se deslocam da defesa para o ataque e vice-versa. Entendam que elas não tem a ver com “marcação”. Colocar uma seta azul de defesa em um atacante não quer dizer que ele vai marcar bastante, chegar junto, morder o calcanhar do adversário, etc. Quer dizer que seu atacante vai voltar até o meio do campo várias vezes, para preencher espaço. Por isso é bom ser cauteloso ao colocar setas azuis nos jogadores, tanto para atacar como para defender, pois isso além de consumir muita Stamina deixa um vazio na posição do jogador.

Setas x Frequência

VERMELHO: Baixa
AMARELO: Média
AZUL: Alta

Exemplo: Se você tem um zagueiro com seta AZUL pra o ataque, em diversos momentos do jogo você vai ver esse seu zagueiro enfiado entre os atacantes. Isso dificilmente funciona. Então, para esse zagueiro coloque no MÁXIMO seta AMARELA para o ataque, para que ele apareça apenas até o meio campo. Ou você pode optar por deixar um volante com seta VERMELHA para atacar e AZUL para defender, para cobrir a avenida que seu zagueiro vai deixar.

Obs.: 
No menu das características do jogador existem duas informações muito importantes e que podem auxiliar na hora de definir as setas coloridas.

Posted Image

Attacking Work Rate e Defensive Work Rate. Esses atributos são próprios de cada jogador e não é possível alterá-los. Esse menu descreve se o jogador “gosta” ou não de atacar ou defender. Leve isso em consideração antes de definir as setas coloridas, pois não adianta colocar seta AZUL para o ataque em um zagueiro que possui Attacking Work Rate “Low“. Coloque no máximo uma seta amarela para ele. O mesmo serve para a seta de defesa.
.

Setas Brancas (Player Positioning)

Posted Image

A cereja do bolo! Esse sistema é um pouco mais complicado. Note que essas setas apenas alteram o posicionamento tático do jogador. Não confundir esse sistema com a característica de marcação de cada jogador.
Elas de alguma forma transformam os jogadores em outra posição. As setas definem novos papéis a serem cumpridos pelo jogador durante períodos de um jogo.
Exemplo: Se você tem um CDM e coloca essa seta para frente (para o ataque), esse jogador vai atuar como um CM. Se você tem um CAM e coloca seta pra diagonal inferior direita (para o ataque), ele vai atuar como um RF.
Acredito que vocês tenham entendido como funciona. É por causa dessas setas que alguns times tidos como defensivos “no papel” atuam de forma extremamente ofensiva.
É nesse momento que você pode fazer o Benzema atuar como ala ou armador. Escale-o como ST e coloque a seta branca para cima ou para baixo (na seta de Attacking), como preferir e ele terá uma nova função, além de continuar sendo ST.
Obs.: Os dois tipos de setas (Coloridas e Brancas) trabalham em conjunto. Não é obrigado usar a seta branca. Mas se usar, preste atenção como está as setas com cores.
Exemplo: Você tem um CDM com Work Rate (azul / vermelho) e seta branca para frente. Como esse jogador vai atuar? Ele praticamente não vai subir por conta da seta vermelha que você colocou. Ou seja, não espere ver o jogador onde você gostaria.

Sumário:
-Defina o seu estilo de jogo;
-Cada jogador deve ser escalado em sua devida posição;
-Procure escalar os jogadores de maior Overall e de características diversificadas;
-Comece o processo de montagem do time pela defesa;
-Modifique seu time por setores (Defesa/Meio/Ataque);
-Monte times com formações diagonais;
-Salve várias formações diferentes;
-Procure ter controle do meio de campo;
-Coloque um volante fixo em frente aos zagueiros;
-Deixe zagueiros para as sobras;
-Não use esquemas bizarros;
-Cuidado ao usar setas brancas.

 

Via. fifamanianews